Andreia Saraiva Rodrigues

 

Andreia Saraiva Rodrigues. Nascida em Abril de 1976.

"Licenciada em Comunicação Social e Cultural (Universidade Católica de Lisboa), trabalhei em revistas, gabinetes de imprensa e numa agência de publicidade. Aos 35 anos senti que não podia mais ficar longe do que realmente fazia os meus olhos brilhar: trabalhar com crianças e com adultos. A minha sede de conhecimento e de novas ferramentas que possa aplicar na prática levou-me a investir em mais formações ligadas à área dos comportamentos humanos e ao desenvolvimento infantil.

A este despertar seguiram-se as certificações em: Meditação com Crianças e Desenvolvimento Consciente; em Parentalidade Consciente; Eneagrama e Eneagrama Educacional; Mindfulness; Comunicação Autêntica ou Não Violenta; em Técnicas de Respiração; Educação Consciente; Práticas Colaborativas de Aprendizagem e, desde esse dia, nunca mais parei de partilhar tudo o que sou com as crianças, com as respetivas famílias e com os professores/educadores!

Em 2014 fundei o projeto Happy Feelings, Conscientemente Felizes que é o reflexo de quem eu sou, daquilo em que acredito e de todo o meu percurso pessoal e profissional. Desde esse momento estou a trabalhar em diversas escolas, onde dou aulas semanais de Meditação, Mindfulness e Desenvolvimento Consciente a crianças e jovens, dos 3 aos 16 anos. Paralelemente, na Florescer - Associação de Educação Global reconectei-me com a minha criança interior, reconheci, validei e nutri a mulher em mim e desabrochei para o desenvolvimento pessoal com crianças e adultos.

No contacto diário com as crianças, nas partilhas profundas que fazem, comecei a sentir necessidade de chegar também aos pais e aos professores… A Parentalidade e a Educação Conscientes permitem-me falar a mesma linguagem com pais e filhos, professores e alunos, facilitando processos mais profundos, transformadores e em amor. Sinto-me uma privilegiada por fazer parte destes caminhos, que tanto me inspiram e ensinam! A relação comigo e com o outro acabou ainda mais enriquecida, uma vez que são os espelhos que nos ajudam a crescer… muitas vezes compreendemos fora, o que temos alguma dificuldade em olhar dentro... GRATIDÃO!"

Colaboradora na área de Trans-Formação e Orgão Social da Florescer - Associação de Educação Global. 

Se formos corajosos o bastante para deixarmos para trás tudo aquilo que nos é familiar ou reconfortante, que pode ser tudo… desde uma casa até velhos ressentimentos amargos; se partirmos numa verdadeira viagem de busca, tanto externa como interna, dispostos a encarar tudo o que acontece nessa viagem como sendo uma pista, aceitando todas as pessoas que vamos conhecendo no caminho como professores; estando preparados, acima de tudo, para enfrentar e perdoar algumas realidades difíceis sobre nós, então a verdade não nos será negada. - Elizabeth Gilbert